22/08/2009 - Ribeirão Preto

DIAGNÓSTICOS

Para os patologistas que viram as lâminas, informo os diagnósticos finais da reunião da APESP realizada no último sábado em Ribeirão Preto, com os agradecimentos aos organizadores da reunião na pessoa da Dra. Catarina. 


Caso de Marília (B08/4941): Carcinoma odontogênico de células fantasmas. Ref: J. Oral Pathol. Med. 37: 302-308, 2008; 

Caso do Porto (H09-1290): Tireoidite linfocistica fibrosante, forma terminal (evolução final de tireoidite de Hashimoto diagnosticada e tratada há 20 anos); 

Caso EPM (B09-12265):Hiperplasia secretora cística com atipias (muita discussão neste caso, com diagnósticos de carcinoma cístico hipersecretor "in situ"). Ref.: Am. J. Surg. Pathol. 28 (6): 789-793, 2004; 

Caso Fleury (2009-20535): Angiossarcoma epitelioide de alto grau do colon. Ref.: Am. J. Surg. Pathol. 28: 298-307, 2004; 

Caso EPM (B09-12792): Carcinoma neuroendócrino bem diferenciado do rim (muita discussão neste caso, com diagnósticos de condrossarcoma mixóide extra-ósseo, que também é positivo para marcadores neuroendócrinos); 

Caso UNESP - Botucatu: Vasculite de Churg Strauss (pANCA positivo); 

Caso Hospital Aliança (AP - 499-09A2): Sarcoma do estroma endometrial de baixo grau com diferenciação glandular focal (história clínica de nódulo miometrial que foi embolizado com necrose total, por suspeita clínica de leiomioma, sem comprovação histológica); 

Caso da Santa Casa de São Paulo (B-10902562): Sarcoma de células claras de tecidos moles (feito FISH no bloco de parafina, na Mayo Clinic, com rearranjo de EWSR1); 

Caso Salomão e Zoppi (AP 109-33455): Hemangioendotelioma "hobnail" (Dabska-Retiforme); 

Caso FMRP-USP Ribeirão Preto: Sarcoma sinovial monofisico fibroso metastático no pulmão.


Abraços, 

Marcelo Alvarenga